Aplicações Oxclor

Principais vantagens

Tratamento de água

Lei no 14.026, de 15 de julho de 2020

Importantes alterações foram introduzidas pelo novo Marco Legal do Saneamento Ambiental nas questões relacionadas a prestação dos serviços públicos essenciais, em especial quanto à oferta de água potável e universalização da coleta e tratamento de esgotos.

A preocupação com o meio ambiente, a saúde pública e a gestão dos resíduos sólidos não se deve dissociar da questão do saneamento e, nesses pontos, o novo Marco representa significativo avanço.

Além da saúde pública, a questão ambiental também está diretamente relacionada com o saneamento básico. A poluição das águas superficiais e subterrâneas ainda é um dano ambiental recorrente no Brasil devido à disposição in natura a céu aberto (lixão) de resíduos sólidos e rejeitos e ao lançamento de esgotos sanitários não tratados nos cursos d’água.

Industrial

Principais aplicações no segmento industrial, o Oxclor atua no tratamento de águas industriais evitando incrustações orgânicas e na eliminação de biofilmes, tratamento de torres de resfriamento, chillers, sanitização de superfícies, tratamento e limpeza de equipamentos em geral, no sal e na salmora para tratamento de carnes e pescados, na produção de gelo, tratamento de efluentes e resíduos  industriais, entre outras diversas aplicações.

Agronegócio 

Com o passar dos tempos, o mercado ficou cada vez mais exigente quanto aos produtos de origem animal. Processos sendo revistos, produtos com um nível de exigência de alta qualidade e bem estar animal são algumas medidas que foram ganhando evidência no mercado.

Com os níveis de eficácia comprovada, a Oxclor promove uma efetiva sanitização em equipamentos e processos, a fim de garantir e eliminar qualquer risco de contaminação de produtos.

A Oxclor promove a sanitização que anulam os fatores de deterioração da saúde, e cria condições para proteger e garantir a produção com alta confiabilidade.

Despoluição de águas contaminadas

A pequena parcela de água doce disponível para consumo humano está sendo desperdiçada, poluída e contaminada, o que diminui, assim, nosso acesso a esse recurso. Como consequência da falta de projetos que evitem o lançamento de esgoto e outros produtos poluentes nas águas de rios, lagos e lagoas.

Além disso, a falta de conscientização da população a respeito da importância da água doce, faz com que substâncias e produtos sejam lançados inadequadamente nos rios. fazendo com que a água se torne imprópria para consumo, diminuindo, assim, a quantidade de água potável disponível para a população. Esses processos podem intensificar o surgimento de doenças e provocar grande incômodo em razão do mau cheiro gerado.

Com a Oxclor a despoluição de rios, lagos e lagoas torna-se realidade.

Marco legal do saneamento básico

MARCO LEGAL DO SANEAMENTO BÁSICO

Lei no 14.026, de 15 de julho de 2020

Importantes alterações foram introduzidas pelo novo Marco Legal do Saneamento Ambiental nas questões relacionadas a prestação dos serviços públicos essenciais, em especial quanto à oferta de água potável e universalização da coleta e tratamento de esgotos. A preocupação com o meio ambiente, a saúde pública e a gestão dos resíduos sólidos não se deve dissociar da questão do saneamento e, nesses pontos, o novo Marco representa significativo avanço.

Além da saúde pública, a questão ambiental também está diretamente relacionada com o saneamento básico. A poluição das águas superficiais e subterrâneas ainda é um dano ambiental recorrente no Brasil devido à disposição in natura a céu aberto (lixão) de resíduos sólidos e rejeitos e ao lançamento de esgotos sanitários não tratados nos cursos d’água.

Fonte: TCESP – Tribunal de Contas do Estado de São Paulo – Novo Marco Legal do Saneamento Básico

Contatos

Localização

Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 1726
17º andar | Itaim Bibi | São Paulo | SP
CEP: 04543-000

Seg | Sex – 9h as 18h

Fale conosco

[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right